Como fazer consulta do INSS extrato

Confira todas as opções disponíveis para verificar o INSS extrato

Acompanhar o extrato de uma conta é uma forma básica de as pessoas saberem se todos os depósitos necessários foram recebidos e quanto existe de saldo na conta.

Apesar de a maioria dos extratos ser bancário, também existe o extrato beneficiário, que é feito pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

Ele serve como um controle do beneficiário, que pode usar esse documento como comprovante de que tem renda ou para fazer reclamações à previdência por causa de inconsistência de valores.


No caso de a aposentadoria estar sendo depositada em valor mais baixo do que o concedido, por exemplo, usar o extrato é uma forma de provar o erro.

Diferentemente dos bancos, o INSS não cobra pelos extratos que o cidadão tira: ele pode fazer isso quando quiser.

Também se pode usar esse documento para saber quando o próximo benefício estará disponível: é só procurar por “Lançamentos futuros”, da mesma maneira que se faz com os salários.


Consultar extrato do INSS usando CPF

Os beneficiários podem pedir pessoalmente o extrato previdenciário e isso se faz levando o CPF e o documento de identidade com foto.

No entanto, as agências do INSS podem solicitar que haja agendamento devido ao grande movimento de cidadãos pedindo benefícios.

O agendamento para qualquer atividade no INSS precisa ser feito no número 135 ou utilizando o Meu INSS, que será detalhado nó próximo item.

Se o próprio beneficiário não pode se locomover até a previdência para pedir o extrato, o seu procurador pode ir em seu lugar.

Contudo, ele tem de levar a procuração, os seus documentos pessoais e os documentos do beneficiário do INSS.


Meu INSS extrato

Há certo tempo, a maior parte dos cidadãos tinha de comparecer ao INSS sempre que precisavam de informações; outros, ligavam para 135.

Ambos os procedimentos continuam à disposição dos contribuintes, mas também se criou uma plataforma chamada de Meu INSS.

Essa área é restrita àqueles que têm um benefício a receber ou que estão no processo de pedi-lo à previdência.

Dentre as informações diversas que o cidadão pode ver, há o Extrato Beneficiário (que pode ser identificado como CNIS).

O link para fazer o extrato no Meu INSS é https://meu.inss.gov.br/central/index.html#/extrato e, como o cidadão verá, é obrigatório um login.

Este é concedido depois que o cidadão se cadastra no sistema do INSS e um dos documentos para isso é o CPF.

Outros documentos que os contribuintes precisarão ter para criar login são documentos pessoais básicos.

Como fazer consulta do INSS extrato


Dá para consultar extrato INSS na agência?

A ideia do Instituto Nacional de Seguridade Social é que as pessoas não utilizem mais o agendamento presencial e sim a plataforma explicada acima.

Contudo, é claro que ainda existem restrições para muitos cm relação ao acesso à Internet.

Com isso, os postos de atendimento ainda fazem muitos dos serviços, o que significa que o brasileiro pode retirar seu extrato previdenciário em um deles. A indicação é ligar primeiro para 135 para informações sobre agendamento.

As unidades do INSS estão no país inteiro, mas nem todos sabem o endereço delas. Por isso, a rede de atendimento da previdência pode ser consultada em https://www.inss.gov.br/servicos-do-inss/rede-de-atendimento/.

Clicando em “Encontre uma agência”, o cidadão descobrirá onde a sua cidade tem um posto da previdência.


O que você deve saber sobre a consulta INSS extrato

Todo tipo de transação virtual com informações tão importantes quanto as da previdência precisa ser protegido.

Por causa disso, o próprio INSS tem sistemas de segurança no seu site, mas é preciso que o contribuinte também tenha as suas próprias precauções, começando por usar um navegador conhecido.

Existem muitos navegadores desenvolvidos por amadores ou por empresas desconhecidas e isso é perigoso: sempre é possível haver softwares maliciosos nesses navegadores para “copiar” documentos e informações. Desse modo, o extrato previdenciário da pessoa poderia ser visto por terceiros.

Deixar um antivírus sempre atualizado no smartphone ou computador é outro método de praxe para proteger a navegação, especialmente se for pelo Meu INSS.

Mais uma vez, é interessante que se dê preferência pelos desenvolvedores mais conhecidos, tendo a certeza de que o software está atualizado.

Destaca-se que o INSS nunca solicitará a senha da conta para retirar o benefício.

Os únicos documentos que a previdência solicita são os pessoais do cidadão e do procurador (quando há), mas nenhuma senha bancária é pedida.

Com isso, todas as plataformas que mencionarem isso são falsas, não pertencem à previdência e o cidadão não deve usar.

A página do INSS tem um cadeado incluído no navegador: antes do http. Esse cadeado tem uma razão séria para ser exibido: a criptografia.

Esse é um recurso tecnológico para que ninguém saiba o que o contribuinte fez no acesso ao Meu INSS, a não ser o servidor da previdência.

Sabendo disso, todos os cidadãos que o acessarem devem visualizar esse cadeado.

Links Patrocinados

Consulta INSS

O Consulta INSS é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com a Previdência Social. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o INSS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.