Quem tem direito a receber o PIS em 2019

Neste texto você pode conferir todas regras referente ao Programa de Integração Social para saber quem tem direito ao PIS 2019

O Programa de Integração Social (PIS) é um tipo de poupança para o trabalhador.

Porém, não é ele quem deposita: é o seu empregador, que tem de retirar 8% do salário a cada mês e colocar no PIS/PASEP desse indivíduo.

Sobre o PASEP, ele é quase igual ao PIS: a única coisa que os separa é que o PIS é pago pelas empresas privadas e o PASEP, pelos órgãos públicos.

Mesmo que funcione como uma poupança, o trabalhador não pode acessar essa quantia quando preferir: são estipulados contextos nos quais o brasileiro pode fazer o saque.

Recentemente, foi possível sacar as chamadas “cotas do PIS”, que eram depósitos feitos até o ano de 1988 e que ainda não tinham sido sacados pela população.

Afora esse saque de cotas, os cidadãos precisam comprovar documentalmente que estão em algum dos contextos nos quais o uso do PIS é permitido.

Dessa forma, apenas esses brasileiros terão acesso a essas quantias em 2019; a não ser que o governo realize nova liberação de cotas, o que já estava sendo avaliado.


Quem pode receber o PIS 2019

Primeiramente, o trabalhador só pode ter PIS se tem carteira assinada; apesar de todo cidadão registrado ter o depósito do PIS todos os meses, o saque só é permitido para quem já está no programa há 5 anos ou mais.

É obrigatório também que o cidadão tenha trabalhado no ano-base: devem ser 30 dias trabalhados e o Ministério do Trabalho não exige que sejam consecutivos.… Clique aqui para ler todas as informações

Leia Mais

Como saber se tenho direito a receber o PIS?

Confira as instruções da Caixa e veja se você tem direito a receber PIS

O Programa de Integração Social (PIS) é uma quantia que os empregadores depositam a cada ano para o trabalhador e que, na maior parte das vezes, trata-se de um salário.

Dessa maneira, o funcionário registrado em carteira desde abril de 2018, por exemplo, receberá o depósito do PIS em abril de 2019; depois, receberá de novo em abril de 2020 e assim sucessivamente.

Contudo, o Ministério do Trabalho tem determinadas regras para que os trabalhadores saquem esse PIS e é importante que eles estejam completamente dentro delas.

Caso contrário, o saque do benefício será considerado irregular. A Caixa Econômica Federal dá diversas informações sobre o PIS, como os documentos para sacá-lo e quando se pode fazer isso.


Quem não tem direito a receber o PIS

As pessoas as quais o Programa de Integração Social não é pago são os empregados domésticos que não têm registro, trabalhadores rurais associados a CPF, menores aprendizes, diretores que não têm vínculo empregatício e trabalhadores urbanos também associados a CPF.

Como saber se tenho direito a receber o PIS?


Quem tem direito a receber o PIS

Já as pessoas que podem receber são as que trabalham para profissional com CNPJ e este precisa registrar os seus colaboradores na Relação Anual de Informações Sociais, conhecido como RAIS.

Outra necessidade é já estar registrado no RAIS há sessenta meses ou mais e ter trabalhado formalmente por trinta dias mínimos no ano base, não precisando que sejam consecutivos.


Como Consultar o PIS

Os trabalhadores que acharem difícil analisar se têm direito ao PIS usando as explicações acima podem fazer uma consulta no site da Caixa Econômica Federal.… Clique aqui para ler todas as informações

Leia Mais

Como herdeiros podem sacar o PIS/PASEP de cotistas falecidos

Quando um cotista do PIS/PASEP falece, os herdeiros podem solicitar o saque nos bancos correspondentes: Caixa Econômica Federal para o PIS e Banco do Brasil para o PASEP. No entanto, os familiares precisam seguir algumas orientações para conseguir receber o pagamento.

Neste texto nós vamos explicar como funciona o sistema do PIS/PASEP, quem pode receber os recursos e o que é necessário para solicitar o saque de pessoas falecidas. Acompanhe as orientações até o final, pois há informações importantes sobre os documentos.


Como funciona o PIS/PASEP

O Programa de Integração Social e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, mais conhecidos como PIS e PASEP, são contribuições, pagas pelos trabalhadores como forma de financiar o seguro-desemprego, o abono salarial, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), além do próprio Programa de Integração Social.

O PIS é para os funcionários de empresas privadas, regidas pela CLT e é administrado pela Caixa Econômica Federal; já o PASEP é destinado aos servidores públicos do Regime Jurídico Estatutário Federal, administrado pelo Banco do Brasil.

O PIS e o PASEP são números de onze dígitos que são cadastrados no CNPJ ou na carteira de trabalho de cada cidadão, podendo ser sacado em casos específicos como: aposentadoria, doenças graves ou morte.

Os profissionais que contribuíram entre 1971 e 1988 possuem o direito ao saque do PIS e PASEP nas unidades bancárias correspondentes.


Quem tem direito a receber o PIS

Como herdeiros podem sacar PIS/PASEP de cotistas falecidos

Por meio do PIS, um funcionário da rede privada tem seus benefícios assegurados por lei, através do registro na Carteira de Trabalho.… Clique aqui para ler todas as informações

Leia Mais