Como funciona a aposentadoria por idade no INSS

A aposentadoria pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) é um direito de todo trabalhador brasileiro. Para receber o benefício, é necessário contribuir para a Previdência Social durante o período em que a atividade profissional for exercida. A contribuição vale tanto para empregados que atuam com carteira assinada, quanto para profissionais que pagam a previdência como autônomos.

O recurso em dinheiro está assegurado na lei, e muitas vezes acaba se tornando o único meio de sobrevivência de muitos idosos e pessoas que tenham sofrido algum tipo de acidente.

Quem pode se aposentar por idade

No Brasil, a aposentadoria por idade é um dos tipos mais comuns solicitados pelos cidadãos. Para conseguir o benefício nesses termos, é preciso seguir algumas especificações próprias, pois o trabalhador deve preencher todos os pré-requisitos exigidos pelo INSS. Veja as características:

Trabalhador urbano

  • Mulheres precisam ter no mínimo 60 anos de idade e 180 meses de contribuição.
  • Homens precisam ter no mínio 65 anos de idade e 180 meses de contribuição.

Segurado especial

Pescador artesanal, indígena, lavrador, etc.


  • Mulheres precisam ter no mínimo 55 anos de idade e 180 meses de contribuição.
  • Homens precisam ter no mínio 60 anos de idade e 180 meses de contribuição.

Saiba como calcular o benefício

aposentadoria-idade-inss-2016

A maneira para calcular o valor a ser recebido no caso das aposentadorias por idade também é diferente e específica para esse caso. Ao todo, são 70% da aposentadoria total com um acréscimo de 1% dado para cada ano que foi feita a contribuição. Para entender melhor, considere o seguinte caso:

Se uma pessoa fez a sua contribuição por 15 anos, terá direito a uma aposentadoria de 85% referente ao valor total (70% + 15%), na prática, isso significa que caso a aposentadoria integral tivesse o valor de R$ 3 mil, esse trabalhador teria direito a receber, nesse caso, R$ 2.550,00, ou seja, 85% desse valor.

Para ter direito a receber o valor total da aposentadoria, 100%, é necessário que se tenha feito a contribuição por no mínimo 30 anos, pois a soma a ser feita será: 70% + 30% = 100%. Nesse tipo de aposentadoria (por idade) não é possível ganhar um valor superior a esse total.

Isso significa que, ao alcançar a idade mínima para ter direito a aposentadoria integral, não é levado em consideração o tempo a mais que se tenha trabalhado. O profissional pode ter trabalhado 30, 31 ou 40 anos, mas o valor será o mesmo.

Por esse motivo, a aposentadoria por idade é considerada a ideal para quem começou a contribuir com a previdência mais tarde, pois quem iniciou sua carreira profissional muito cedo não tem vantagens ao optar por esse tipo de cálculo.

Como começar a contribuir com o INSS

A forma de contribuir com o INSS vai depender do tipo de relação trabalhista que existe entre o profissional e a empresa, ou da maneira como esse trabalhador atua no mercado. Para quem trabalhou com carteira assinada, cabe à empresa registrar e fazer os pagamentos junto à Previdência.

Porém, atualmente é muito comum a atividade de profissionais que atuam como freelancers ou autônomos. Nesse caso, é preciso que a própria pessoa faça o seu cadastro e comece a contribuir de maneira avulsa.

Tire suas dúvidas

Para esclarecer todas as dúvidas, é preciso que o trabalhador compareça a uma agência da Previdência Social ou a um posto autorizado do INSS. Nesses locais é preciso conhecer melhor todas as maneiras de contribuição. Os agentes da Previdência também ajudam a encontrar a melhor maneira para garantir uma aposentadoria mais tranquila.

Também há um número onde você pode fazer esse cadastro: o 135. Esse é um canal muito utilizado por empregados domésticos, por exemplo, que querem garantir todos os seus direitos e benefícios.

Se essas informações sobre a aposentadoria por idade no INSS foram úteis para você, clique no botão “Curtir” ou compartilhe com seus amigos no Facebook. E caso tenha alguma dúvida, escreva sua pergunta na seção de comentários.

Links Patrocinados

Consulta INSS

O Consulta INSS é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com a Previdência Social. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o INSS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.