Documentos necessários para dar entrada na aposentadoria

Uma das principais dúvidas do segurado do INSS no momento de dar entrada na aposentadoria está relacionada aos documentos que devem ser apresentados na Previdência Social. É bom ressaltar que a documentação pode mudar de acordo com o tipo de aposentadoria do segurado, que pode ser por idade, especial ou por tempo de serviço.

Cada caso deve ser analisado de maneira diferente, e para evitar qualquer tipo de contratempo, o ideal é que a pessoa comece a recolher esses papeis com bastante antecedência. Se você ainda não sabe o que precisa ser entregue, confira as nossas dicas e veja quais são os documentos para dar entrada na aposentadoria.

Aposentadoria por tempo de contribuição ou idade

aposentadoria-documentos

Para os contribuintes que irão dar entrada em aposentadorias por tempo de contribuição ou idade é necessário apresentar os documentos básicos:


  • Comprovante de residência.
  • Carteiras de trabalho atualizadas.
  • NIT (Número de Identificação do Trabalhador) ou PIS/Pasep.
  • Certidão de reservista (no caso dos homens).
  • Carnês de recolhimento (no caso dos trabalhadores autônomos ou facultativos).

Essa é a documentação simples, que em todos os casos é pedido pelos fiscais do INSS. Porém, há situações em que outros comprovantes poderão ser solicitados, principalmente no caso em que o trabalhador não conseguir comprovar o tempo de trabalho ou vínculo empregatício. Nas ocorrências em que o profissional não esteja cadastrado na base de sados do INSS, os documentos extras que precisam ser apresentados são:

  • Comprovantes dos pagamentos dos salários.
  • Rescisão do contrato de trabalho que deve ser solicitado junto às empresas em que o trabalhador atuou.
  • Extratos do FGTS.
  • Carnês quitados para aqueles trabalhadores autônomos.
  • Extrato do CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais), para quem não conhece, esse é um banco de dados gerido pelo Governo Federal que agrupa todas as informações sobre os trabalhadores brasileiros, inclusive o recolhimento feito pela Previdência Social.

Uma informação importante é que os correntistas do Banco do Brasil podem acessar o CNIS mais facilmente, pelo site da instituição (www.bb.com.br). Os clientes correntistas da Caixa Econômica precisam fazer um cadastro no portal do banco para ter acesso a essas informações.

Já quem concentra as suas finanças em outras instituições precisa se dirigir a alguma agência da Previdência Social para solicitar o CNIS. Porém, é necessário fazer um agendamento prévio.

Outros casos que precisam ser analisados valem para quem atuou em condições ambientais agressivas (insalubres). Se você se enquadra nessa característica, é preciso apresentar:

  • Documentação referente ao ambiente de trabalho, como, por exemplo, o PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário).
  • Laudo em reclamação trabalhista.
  • Laudo técnico que comprove as condições do ambiente de trabalho.
  • Documentação extra que ajude a comprovar o ambiente agressivo em que o assegurado trabalhava que pode variar de empresa para empresa, sendo que caso haja ainda algum tipo de dúvida, o ideal é ligar diretamente para o INSS com antecedência.

Aposentadorias especiais

Nesses casos, você também precisa comprovar que realmente foi exposto a situações de riscos. Para essa categoria, é comum que a pessoa possa se aposentar com 15 anos de trabalho, tempo abaixo da média estabelecida pelo governo.

Por esse motivo a fiscalização é mais intensa. Outro fator necessário para cumprir as exigências para esse tipo de aposentadoria é ter atuado com carteira assinada durante o período de trabalho.

Há situações em que o trabalhador avulso e contribuinte individual conseguem dar entrada no benefício de aposentadoria especial. Mas para isso, é obrigatório que sejam apresentadas provas efetivas e que se consiga comprovar que, além do tempo de trabalho, os indivíduos tenham sido expostos a agentes nocivos físicos, químicos ou biológicos de maneira habitual ou permanente.

Se essas informações sobre os documentos para a aposentadoria foram úteis para você, clique no botão “Curtir” ou compartilhe com seus amigos no Facebook. E se você tiver alguma dúvida, escreva sua pergunta na seção de comentários.

Links Patrocinados

Consulta INSS

O Consulta INSS é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com a Previdência Social. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o INSS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.