Procuração INSS

Muitos dos cidadãos que precisam INSS não conseguem ir a um posto de atendimento; normalmente, isso acontece devido a problemas de saúde ou impossibilidade de locomoção.

Para solucionar esse impedimento, é comum que as pessoas recorram à procuração INSS.

A procuração é um documento que permite a uma terceira pessoa, geralmente de confiança, cuidar todo seu processo de previdência social.

Procuração INSS



Procuração INSS para receber benefício

Qualquer pessoa, exceto os menores de 18 anos, pode fazer uma procuração INSS em seu nome dando a outro indivíduo o direito de tratar da sua vida previdenciária.

Entretanto, é preciso escolher apenas um procurador por vez, e existem regras especiais para os servidores públicos: estes só poderão ser procuradores de parentes até o 2° grau. Se eles estão aposentados ou afastados, a regra é desconsiderada.

É fundamental, entretanto, que se escolham pessoas de plena confiança para ser procuradoras; afinal, quem está nomeado na procuração INSS pode até sacar benefício e as chances de um golpe ficam alarmantes.


Procuração INSS amplos poderes: documentos

Primeiramente, é necessário fazer a procuração em um cartório, apresentando documentos do interessado e do procurador, sendo eles:

  • RG;
  • Comprovante de estado civil;
  • CPF;
  • Comprovante de endereço

Apesar de a procuração ser um documento pago, boa parte dos cartórios não cobra quando ela tem finalidade previdenciária.

Assim, se você precisa fazer uma procuração INSS, é bem possível que ela saia de graça.

Depois, essa procuração tem de ser levada ao INSS no dia do agendamento e vale dizer que, caso o interessado não possa comparecer à previdência por motivos de saúde, é mais seguro levar comprovantes.

Para ter plena certeza sobre todos os documentos que devem acompanhar a procuração em casa caso, recomenda-se ligar para a central do INSS no número 135, entre as 7h e as 22h, de segunda a sábado.


Procuração INSS agendamento

A procuração INSS não precisa ser agendada: contudo, quando o interessado agendar seu atendimento na previdência, ele deve comunicar que haverá um procurador.

Depois que a procuração já tiver sido feita no cartório, é importante cadastrá-la no portal Meu INSS:

  • Clique aqui;
  • Selecione “Entrar” e “Login”, ambos à direita;
  • Depois, crie sua conta na página Gov.br, que abrirá em seguida;
  • Voltando à página inicial do Meu INSS, selecione “Agendamentos/requerimentos”;
  • Escreva “procuração” no campo de busca;
  • Siga as instruções.

Caso você esteja com qualquer dificuldade para cadastrar sua procuração INSS, ligue para 135, conforme orientado.


Procuração INSS como fazer

Fazer a procuração INSS é um processo rápido. Veja como funciona:

  • Vá a um cartório e peça por uma procuração para fim previdenciário;
  • Leve os seus documentos e os documentos de quem será o procurador (esta pessoa deve estar presente);
  • Depois, faça o cadastro da procuração no Meu INSS, como ensinado acima;
  • No dia do atendimento no INSS, a procuração deve ser apresentada, junto a eventuais outros documentos, dependendo do assunto.

É fundamental que procurar o atendimento do INSS com antecedência caso haja dúvidas sobre a procuração.

Dessa forma, o interessado e o procurador poderão resolver qualquer problema antes do dia agendado.


Procuração INSS advogado

É comum que pessoas que estão em processo de pedido de benefício façam uma procuração para seu advogado; dessa forma, o profissional poderá representa-las em todas as etapas.

O processo para a procuração INSS com um advogado é o mesmo, com a diferença de que haverá cobrança de honorários.

Além disso, recomenda-se fazer a procuração INSS para advogado apenas quando houver necessidade, como em caso de impossibilidade de locomoção ou doença.

Em outras situações, é mais indicado acompanhar o advogado o máximo possível e não o autorizar a assinar documentos.


Procuração INSS prova de vida

Regularmente, o INSS realiza o que é chamado de prova de vida; trata-se da apresentação do beneficiário para garantir que ele está vivo e o seu benefício não está sendo recebido indevidamente por terceiros.

Ressalta-se que, quando a prova de vida não é feita, a previdência social bloqueia o benefício temporariamente.

A pessoa que não tem meios de se apresentar ao INSS para realizar a prova de vida pode deixar isso a cargo de um procurador. Entretanto, a procuração precisa estar corretamente cadastrada no Meu INSS.


Renovar procuração INSS

Renovar procuração INSS

Alguns tipos de procuração INSS têm validade de um ano, e é necessário que elas sejam renovadas no cartório com até um mês de antecedência.

Sendo assim, quando faltar 20 dias para ela expirar, já não será possível a validação: o interessado e o procurador terão de fazer um documento novo.

Depois que a procuração INSS estiver renovada, será necessário o recadastramento dela no site Meu INSS, como a anterior.

Se os dados pessoais do interessado ou procurador mudarem antes de um ano, a atualização do documento deverá ser antecipada.

Links Patrocinados

Consulta INSS

O Consulta INSS é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com a Previdência Social. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o INSS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.