Como agendar perícia no INSS 2019

Veja como funciona o sistema e aprenda a agendar pericia inss 2019

A perícia é um procedimento de praxe em caso de aposentadoria por invalidez ou auxílio saúde.

Ela é feita no Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), que tem consultórios em suas unidades e também médicos peritos contratados.

Entretanto, só se pode passar por uma perícia se houver um agendamento e ele pode ser realizado pelo próprio cidadão. Saiba aqui como fazer isso em 2019.



Passo a passo para agendar perícia do INSS em 2019

Pode ser feito pelo site Meu INSS ou pelo telefone 135. Para quem escolhe fazer o agendamento usando o site:

  • Acessa-se https://meu.inss.gov.br/central/index.html#/agenda;
  • Insere-se o CPF, nome completo e data de nascimento;
  • Clica-se em “Não sou um robô” e em “continuar sem login”;
  • Em seguida, deve-se selecionar o local e a unidade do INSS;
  • O sistema da seguridade social mostrará os dias e horários disponíveis;
  • Clica-se no que for mais conveniente e confirma-se.

O agendamento pelo número 135 pode ser realizado entre as 7h e as 22h, de segunda a sábado. O processo será igual: o contribuinte fornece as mesmas informações e fica sabendo os dias e horários disponíveis no INSS mais próximo.

Muitas pessoas não têm acesso à Internet e nem mesmo podem fazer uma ligação.

Nesse caso, a recomendação é comparecer ao INSS e pedir o agendamento pessoalmente.

Se preciso, dá para pedir o reagendamento da perícia: o contribuinte tem sempre de dar preferência ao reagendamento e evitar faltar à perícia sem comunicar.

Como agendar perícia no INSS 2019


Quando é preciso agendar perícia no INSS?

Basicamente, a perícia é obrigatória quando se solicita aposentadoria por invalidez ou auxílio doença.

Quem já tem esses benefícios e quer pedir a sua manutenção também terá de se submeter à perícia da previdência social:

  • A aposentadoria por invalidez pode ser solicitada quando o contribuinte sofre acidente de trabalho ou desenvolve alguma doença que o impossibilite terminantemente de trabalhar. Cabe dizer que a previdência não a concede se a pessoa pode exercer função diferente da que exercia: o benefício serve somente para quem não pode trabalhar em nenhum tipo de função;
  • Já o auxílio saúde é um benefício temporário e que é pago ao contribuinte que está se recuperando de algum acidente ou doença. Enquanto a aposentadoria por invalidez é vitalícia, o auxílio doença tem tempo determinado.

Periodicamente, o INSS faz reavaliações desses dois benefícios concedidos a fim de determinar se aquele cidadão ainda está doente ou se ele se recuperou da sua incapacidade. Para essa reavaliação, é obrigatória outra perícia.


Documentos para agendar perícia no INSS 2019

Quem é periciado pela previdência precisa levar qualquer documento que sirva para confirmar o seu diagnóstico: ainda que pareça irrelevante, como uma receita sem prazo de validade, vale a pena levar.

Os documentos que mais ajudam a conseguir o benefício são:

  • Laudos nos quais os médicos especialistas escrevam claramente que determinado quadro é irreversível ou que impede aquela pessoa de exercer qualquer profissão. Se for uma doença que afete mais de uma área do corpo, é interessante ter laudo de mais de uma especialidade;
  • Exames médicos nos quais o problema de saúde em questão esteja discriminado. A perícia costuma desconsiderá-los se foram feitos há 90 dias ou mais;
  • Comprovantes de contribuição previdenciária, como carnês ou a carteira de trabalho;
  • Documentos básicos, como título de eleitor, CPF e RG.

Resultado da perícia do INSS 2019

Acessando https://www.inss.gov.br/servicos-do-inss/consulta-de-situacao-de-beneficio/, o contribuinte tem de clicar em “Benefício por incapacidade: resultado” e fornecer seus dados pessoais e número do requerimento de benefício.

Muitas pessoas acham que não podem acessar a página porque surge o aviso “Sua conexão não é particular”, mas não há problema.

Para contornar isso, é só clicar em “Avançado” e em “Ir para o site do INSS”. Quem pede auxílio doença tem outro link para consultar o resultado: https://www.inss.gov.br/beneficios/auxilio-doenca/.

O contribuinte é avisado sobre a concessão da sua aposentadoria por invalidez ou auxílio doença por meio de carta também.

É uma correspondência chamada de carta de concessão na qual a previdência informa como a pessoa receberá mensalmente.

A carta também pode não ser de concessão: às vezes, ela comunica que a aposentadoria por invalidez ou o auxílio doença não foram concedidos.

Se for assim, ela mencionará a razão da negativa e o que o contribuinte pode fazer para pedir o benefício de novo.

Como agendar perícia no INSS 2019


Como aumentar as chances de ser aprovado na perícia do INSS 2019

Não faltam pessoas que têm mesmo problemas de saúde que impeçam sua vida profissional e que, mesmo assim, têm o benefício negado.

Para baixar as possibilidades disso, deve-se:

  • Ter certeza de estar levando todos os comprovantes médicos necessários;
  • Confirmar que esses documentos têm menos de três meses e, preferencialmente, que sejam o mais atuais possível;
  • Responder objetivamente o que o perito questionar. Por mais que a doença seja grave, é importante não fazer lamentações, pois há médicos que podem considerar isso um exagero apenas para conseguir comoção.
Links Patrocinados

Consulta INSS

O Consulta INSS é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com a Previdência Social. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o INSS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.