Como fazer o agendamento do Auxílio-doença no INSS

O Auxílio-doença está entre os benefícios mais requisitados na Previdência Social. Ele pode ser liberado para aqueles trabalhadores que ficam impedidos de cumprir as suas obrigações profissionais devido a algum acidente de trabalho ou doença.

Essa incapacidade deve ser atestada oficialmente por um médico do INSS, através da perícia médica. Quem se enquadrar na categoria de trabalhador rural ou urbano, pode solicitar o benefício após 15 dias de afastamento, sejam corridos ou intercalados. Mas vale lembrar que é preciso dar entrada em até 60 dias.

Já para empregado doméstico, trabalhador avulso, contribuinte individual, contribuinte facultativo e segurado especial, o auxílio pode ser pedido no momento em que o profissional se incapacitar.

Tipos de auxílio-doença


Existem algumas variações no Auxílio-doença, sendo necessário verificar em qual delas você se encaixa. Veja as diferenças:

Auxílio-doença Acidentário

Esse tipo de auxílio-doença é pago para o trabalhador que sofreu algum tipo de acidente e teve consequências que o impedem de exercer suas funções.

Quem pode receber: apenas o empregado vinculado a uma empresa.

Carência: não há.

Auxílio-doença Previdenciário

Esse é o caso daquelas pessoas que estão afastadas dos seus afazeres profissionais devido às consequências causadas por alguma doença.

Quem pode receber: Trabalhador Urbano e Rural, Empregado Doméstico, Trabalhador Avulso, Contribuinte Individual, Contribuinte Facultativo, Segurado Especial.

Carência: 12 meses de contribuição ao INSS.

Como agendar o pedido do Auxílio-doença

Todavia, para receber o benefício, o segurado do INSS precisa seguir diversos procedimentos. O primeiro dele é fazer o agendamento do Auxílio-doença pela internet ou pelo telefone. Veja o passo a passo para reservar uma data em um posto da Previdência.

Agendamento do Auxílio-doença pela internet

A maneira mais prática para agendar o seu atendimento no INSS para dar entrada no auxílio-doença é pela internet, diretamente no site do órgão. E para esses casos, basta seguir as seguintes orientações:

1. Acesse a página de agendamento por este link:

2. Digite a sequência de caracteres e clique em “Confirmar”.

2. Agora informe a sua localização para o sistema exibir a data da perícia mais próxima. Se você estiver satisfeito com o dia exibido, clique em “Avançar”.

3. Na próxima etapa, você deve preencher todas as informações solicitadas no formulário. Ao finalizar, clique em “Avançar”.

 

4. Em seguida, você deve conferir os dados e confirmar o agendamento da sua perícia médica.

Agendamento auxílio-doença via telefone

Apesar da popularização da internet no Brasil, muitas pessoas ainda não possuem essa conveniência. Por essa razão, a Previdência disponibiliza outra maneira de agendar o auxílio-doença, que é via telefone, para fazer o agendamento por este canal, siga as instruções:

1. Entre em contato com o INSS no número 135.

2. Selecione a opção informada na ligação que corresponde ao agendamento da perícia médica para Auxílio-doença.

3. Informe todos os dados solicitados pelo atendente. É importante ter em mãos dos documentos pessoais e o número do PIS/NIS/PASEP.

4. O atendente vai indicar os postos com a data mais próxima para a perícia. Você deve comparecer no dia informado sem atrasos para evitar perder a avaliação.

Documentos para pedir o Auxílio-doença

Essa é a lista de documentos necessários para solicitar o benefício.

  • Documento de identificação com foto que esteja válido
  • CPF
  • Carteira de trabalho
  • Carnês de contribuição e documentos que comprovem pagamento ao INSS
  • Documentos médicos que contenham: comprovação da causa do problema de saúde, tratamento médico indicado e período sugerido de afastamento do trabalho.
  • Comunicação de acidente de trabalho (CAT), se for necessário
  • Segurado especial (trabalhador rural, lavrador e pescador): documentos que comprovem a atividade profissional, declaração de sindicato, contratos de arrendamento.
  • Declaração carimbada e assinada pelo empregador, informando último dia trabalhado (imprima o requerimento se for solicitado)

Tempo de duração do Auxílio-doença

Baseado no tratamento sugerido ao trabalhador, o tempo de duração é indicado após a perícia. Caso ele precise ser prorrogado, você precisa fazer o pedido nos últimos 15 dias do benefício.

Você acabou de conferir as informações sobre o agendamento do Auxílio-doença. Se elas foram úteis para você, compartilhe com seus amigos no Facebook ou clique no botão “Curtir”. E caso você tenha alguma dúvida, escreva a sua pergunta na seção de comentários.

Links Patrocinados

Consulta INSS

O Consulta INSS é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com a Previdência Social. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o INSS.

Um comentário para “Como fazer o agendamento do Auxílio-doença no INSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.